Duas considerações para Construir seus Sonhos

A- A A+
publicidade

Construir sonhos

1.Livros, ponte segura entre o saber e as conquistas.

Se você pretende realizar a tão sonhada carreira profissional e solidificar as bases do seu futuro, há uma ponte a ser percorrida para ligar esse dois polos: os livros. Porém, se você tem aversão ao contato com esse precioso universo do conhecimento, prepare-se para enfrentar obstáculos, duros e difíceis: o tempo é exíguo e o espaço ínfimo para quem não busca na leitura sua fonte do saber.

Livro é isso, usina geradora de conhecimento, bandeira da independência e libertação. Amigo e companheiro de todas as horas,
sempre acessível, que abre-se a viagens intergaláticas nas asas do pensamento.

Se, por outro lado, você não dispensa um bom livro e sacia a sede do saber nas águas claras da leitura, está fortalecendo-se intelectualmente para enfrentar e vencer grandes desafios. E grandes vitórias advêm de grandes desafios!

Em cada página, pequenos mosaicos de sabedoria vão tomando forma e reverberando um arco-íris multicor no céu da nossa cultura e inteligência.

Quantos caminhos para um sonho podem ser encontrados nas linhas mágicas de um bom livro! É como estar em mar aberto, sem direção, e ter uma bússola a orientar o norte, direção certa e segura rumo aos mais inusitados projetos e conquistas.

Seja, portanto, amigo do livro. Aqueles que têm o livro por amigo têm a melhor amizade do mundo!

Muna-se dos ensinamentos de um livro. Vencerá os desafios do mundo quem tiver por arma a sabedoria.

 

2.Ideias inteligentes, tinta de ouro para colorir nossos sonhos.

Se a sua cabeça é um celeiro de ideias e você pressente que são inteligentes e que pô-las em prática pode representar melhoria na vida das pessoas, é hora de implementá-las para também melhorar sua vida. Ideia guardada é ouro desperdiçado. Quem garante que outrem, de repente, não tenha uma semelhante e antecipe-se à sua? Às vezes, aparentemente simples e banal, ela pode ser de grande valia para a sociedade. Tome como exemplo a invenção do clipes para prender papéis, do pregador de roupas, ou mesmo a invenção da roda, ideias simples que revolucionaram o mundo.

Então, se a pedra-bruta de uma boa ideia surgir, não descarte-a a esmo. Burile-a, dê-lhe um polimento e formato de “coisa”. Registre-a e, por que não?, saia a campo para transformá-la em produto.

A ideia é a mãe da invenção. E, embora um mundo de coisas tenha sido inventado, outro mundo de coisas se haverá de inventar. Para tanto, ponha seus neurônios para funcionar, faça-os borbulhar e libere a inspiração. Agarre a que tiver conteúdo e ponha-se mãos à obra. Delineada uma boa ideia, ao mover-se para realizá-la será a primeira pincelada para pintar a tela dos seus sonhos!

Uma boa ideia na cabeça pode representar muitos cifrões no bolso.

Prof. Inácio Dantas

Do livro “Você, o Construtor dos seus Sonhos”

https://goo.gl/P1pkZY

publicidade
publicidade
publicidade
Crochelandia
publicidade
publicidade
Visitantes desde fevereiro de 2006:
30228053

Blogs dos Colunistas

-
Ana
Kaye
Rio de Janeiro
-
Andrei
Bastos
Rio de Janeiro - RJ
-
Carolina
Faria
São Paulo - SP
-
Celso
Lungaretti
São Paulo - SP
-
Cristiane
Visentin

Nova Iorque - USA
-
Daniele
Rodrigues

Macaé - RJ
-
Denise
Dalmacchio
Vila Velha - ES
-
Doroty
Dimolitsas
Sena Madureira - AC
-
Eduardo
Ritter

Porto Alegre - RS
.
Elisio
Peixoto

São Caetano do Sul - SP
.
Francisco
Castro

Barueri - SP
.
Jaqueline
Serávia

Rio das Ostras - RJ
.
Jorge
Hori
São Paulo - SP
.
Jorge
Hessen
Brasília - DF
.
José
Milbs
Macaé - RJ
.
Lourdes
Limeira

João Pessoa - PB
.
Luiz Zatar
Tabajara

Niterói - RJ
.
Marcelo
Sguassabia

Campinas - SP
.
Marta
Peres

Minas Gerais
.
Miriam
Zelikowski

São Paulo - SP
.
Monica
Braga

Macaé - RJ
roney
Roney
Moraes

Cachoeiro - ES
roney
Sandra
Almeida

Cacoal - RO
roney
Soninha
Porto

Cruz Alta - RS