A criação é desenvolvida, como o início de um planejamento. Percorremos uma extensa lista de experiências no decorrer da vida, partimos de princípios técnicos e formais, transformamos idéias independentes obscuras e abstratas em elementos significativos diante de outras representações de mesmo valor. O processo é sistemático, contrastante e original. O princípio parte de inspirações já produzidas pré-destinadas à um novo protótipo do que determinará – o novo. Muitos se destacam pela conquista do reconhecimento mútuo, outros apenas assumem o papel de rotular-se como profissionais. O marketing faz seu sucesso quando atribuído a conteúdo de qualidade, a arte de experimentar incentiva sua evolução e a auto-confiança transcende seu poder de capacitação. Lembre-se que as críticas tem um valor, de aprimorar seus conhecimentos e transformá-lo em um ser tão criativo quanto qualquer um em destaque do seu meio. Leia meu artigo a respeito de Criação Publicitária Na Web e procure dá um incentivo ao seu órgão pensante.

Quero acrescentar para seu conhecimento citando um comentário breve sobre a importância da Era Digital que promove cada dia a necessidade de estarmos integrados de forma dinâmica e precisa. O mundo nos nossos dias exige pessoas cada vez mais capacitadas a informatização tanto no seu processo de acumular informações como na obtenção de conhecimentos da informática em suas vidas, este período da evolução na busca de adquirir uma cultura mais enriquecedora possibilita uma capacitação profissional diante do mercado competitivo atual, diferenciando cada um de nós não pelas técnicas adquiridas mas pelos aspectos criativo exercidos, existem técnicas cada vez mais avançadas e uma enorme carga de conteúdo disponível para os profissionais de diferentes áreas, mas a importância não está na forma como aprendemos algo, ou ainda, o quê aprendemos no decorrer de nossos dias, mas como usar tal habilidade, por isso o mundo volta-se com ênfase para um contexto antigo de jogabilidade e usabilidade, embora este último sempre utilizado, atualmente trabalha-se com “carinho e cuidado” tratando de desenvolver produtividade e utilidade nos serviços disponibilizados, buscando facilitar as diversas formas de relacionamento entre as pessoas através de diferentes recursos digitais com aplicabilidade concisa pelos empreendedores, na busca de um único objetivo; aproximar fronteiras e transmitir a integração dos povos no mundo digital, o quê permite o acesso das pessoas de classe diferenciadas nesta nova era computacional, logo, definimos assim usabilidade o método de facilitar o uso de determinado produto. Um conceito aplicado entre os investidores para facilitar nossas vidas neste meio cada vez mais dinâmico a disposição de integração que se expande com segurança e confiabilidade para todos que os envolve, seja com prévio planejamento, produtos modernos de fácil manejo ou criações publicitárias com altos investimentos para almejar um resultado positivo do público alvo.

No livro Raciocínio Criativo de Stalimir Vieira, profissional renomeado na área publicitária aborda a importância do processo criativo também entre profissionais leigos no assunto, ressaltando que no interior da cada um de nós é perceptível a capacidade de criar, e toda profissão exige esta virtude para seu desenvolvimento, o segredo não está apenas nos livros e apostilas mas no poder intuitivo do despertar de uma determinada idéia, permitindo fluir os pensamentos de forma tranqüila e despreocupada. A criatividade nasce com um toque sensível em nosso interior, o processo não é adquirido de forma repentina, mas desde o dia que você nasce juntamente com os conhecimentos adquiridos no decorrer de toda a sua vida. A idéia do profissional de publicidade e designer é vender um produto de sua criação, portanto, é a ferramenta preciosa que auxilia tal idéia, não só através da abstração de palavras ou formas, mas com produtos que podem se tornar vendáveis com o auxílio do precioso marketing, pois este faz com que nossas idéias cheguem até o nosso alvo – o cliente, com segurança e credibilidade visando assim almejar resultados eficientes e produtivos.

Para obter retorno positivo deve-se trabalhar com esforço acrescentando seriedade, humildade, respeito e responsabilidade. Somos vendedores de idéias, mas também produtos da criação, portanto devemos nos ater a princípios em todas as demais profissões concebendo um trabalho com “amor”e não, atribuir de forma alguma a um compromisso, como obrigação de um trabalho a ser executado, mas sim deixar fluir para todos os efeitos a idéia que se encontra dentro de nós afim de proporcionar satisfação para nossos clientes. Estes esperam o melhor de profissionais com capacitação dispostos a realizar uma tarefa que cabe aos desenvolvedores executar jamais esquecendo do trabalho em equipe e da insistente participação do cliente ao projeto, evitando atrasos e sim disposição, força de vontade e seriedade para oferecer a assistência necessária passo-a-passo para a compreensão do projeto, ouvindo suas opniões e fazendo os ajustes necessários, seja de um briefing (ferramenta indispensável para o planejamento de um projeto como um website por exemplo) ou outro tipo de projeto.

www.ecls.com.br
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

O mundo volta-se para o campo publicitário digital que visa um bem comum: usabilidade com simplicidade ao navegar na rede. O objetivo é obter uma navegação sólida e simplória permitindo a integração de todos ao mercado virtual. Seguem-se algumas pré-liminares aos desenvolvedores em sua utilização, como em um sistema de uma loja do mundo real.

Percebem-se sinais de uma hierarquia organizada e personificada, criando habilidade para examinar produtos nas prateleiras até encontrar o que procura, embora de praxe complexo, pois gasta tempo nas decisões cruciais diante das diversidades de variáveis, como familiaridade com o estabelecimento comercial, confiança na habilidade organizacional de forma sensata, além de tempo curto e fatores correspondentes quanto sua sociabilidade. O método comparativo entre dois mundos virtual e real promove a procura de algo, ou ainda, a pergunta sobre sua busca ao informante. São situações semelhantes que visam o mesmo objetivo, e conseqüentemente estão destinados a tomar decisões para se chegar à alguma conclusão. Se o resultado desta fatoração for negativo, acabará solicitando informação a alguém, ou desistência da navegação. Distingue-se 3 tipos de usuários: Usuários dominados pelas pesquisas, onde a preferência pelos botão de busca é mais importante que a navegação; Usuários dominados pelos links de Nielsen, onde a busca se dá após ter obtido fracasso em todas as “linkagens” do site, e aos demais usuários onde a decisão de iniciar navegando ou pesquisando depende do modo de pensar, do tempo individual de cada um e/ou se o site tem boa navegação quanto aos elementos distribuídos no layout. Quando sua escolha é iniciar pela navegação, utilize de forma hierárquica seus sinais para lhe guiar, como seções e itens de subseções, ou ainda, procurar por um produto nas prateleiras de um supermercado. Intuitivamente clicará no que parecerá certo possibilitando examinar de forma individual as características do objeto de busca. Dependendo da navegação nos casos de dificuldades no acesso, e conseqüente falha na busca de um objeto, o usuário vai embora e a confiança de seu site também, reduzindo a reserva de energia do operante estressando-o.
Na web não usamos um sentido físico, onde determinado objeto está. Mas proporcionamos lembranças na hierarquia conceitual e voltamos pelos nossos passos. E as páginas iniciais são locais fixos como a estrela do norte permitindo lhe dá um novo começo quando perdido na web, embora traga benefícios em função de sua leveza na navegação sendo o principal motivo de descontrole do tempo enquanto navega. Também há evidências de fatores negativos provenientes do significado do próprio termo “navegação”, onde temos a instabilidade de ir de um lugar para outro, e ter a noção de descobri onde você está. A navegação não é apenas uma característica de um web site, ela é o web. Temos a conclusão de que é melhor que a navegação seja boa, e dois dos objetivos óbvios desta navegação é encontrar o que estamos procurando, e nos informar onde estamos, pois o menos visível é nos dizer algo do qual procuramos, o que existe aqui, como usar o site e adquirir confiança nas pessoas que o criaram revelando seu conteúdo. A navegação clara e bem planejada é uma das melhores oportunidades que um site possui de criar uma boa impressão, pois o uso de convenções na criação de um layout para web site, facilita a distinção entre os elementos de navegação e todo o resto tornando possível o aprendizado do usuário apenas uma vez, é por isso que devemos destacar 5 elementos para uma navegação estável, como a ID do site, seções, botão de início, busca e utilitários que auxiliarão como ferramentas para facilitar o uso do site.
Quando se trata de navegação estável na página inicial não há utilidade, por que possui diferentes obrigações e promessas, e em sites que apresentam formulários, esse tipo de navegação pode ser uma distração desnecessária, atrasando o preenchimento do mesmo, logo, recomenda-se a utilização de apenas a ID de identificação do site, o botão Home e os utilitários para ajudar no preenchimento do formulário, e para reforçar a idéia procurar destacar a identificação no site em todas as páginas do site englobando todo o conteúdo, ou seja, no topo representando o site, tornando-se o fator de mais alto nível da hieraquia lógica do site. As seções são os links da navegação primária voltados para as seções principais, e considerado o nível mais elevado da cadeia hierárquica, e as subseções pertencentes a navegação secundária também auxiliarão na navegação estável. Enquanto os utilitários, não fazem parte da hierarquia de conteúdo, por ser menos proeminente que as seções e na navegação estável é aconselhável acomodá-lo com apenas 4-5 utilitários. Outra importante observação a ser feita é a respeito da navegação em nível baixo, deve-se trabalhar com a mesma atenção da página desenvolvida para o topo, ou seja, a página de nível superior. É de grande valia no período de desenvolvimento de um site apresentar páginas de exemplos de navegação em todos os níveis antes de iniciar a discussão da harmonia de cores para a primeira página. A convenção das páginas exige nomeá-las equivalente ao link anterior com proeminência para auxílio e orientação do usuário no site, enquanto a indicação sobre sua localização na navegação pode ser feita através de barras, listas ou menus navegacionais que apareçam na página destacando-se com distinção visual de cor e texto.
Érika Lopes
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
www.ecls.com.br

 

 


Érika Lopes
Amigos (as) me apresento Érika C. Lopes de sousa, brasileira, habitante da cidade de Belém do Pará região norte do País, 26 anos e trabalho com desenvolvimento de websites, sou webdesigner e formanda do curso Design Web com Bruno Ávila do qual conclui em março deste ano de 2007 com 3 novos projetos, também sou auto-didata em diversos assuntos a respeito de programação, multimídia e comunicação, já decidida em atribuir este último como uma das minhas especializações futuras.
Tenho experiência em diferentes ramos, principalmente da comunicação trabalhando com nossas diversidades biológicas e sua publicidade na internet, com estabelecimentos privados e orgãos públicos, além de atribuir pesquisas para editores de jornais on-line.
Em vista de promover um conteúdo de qualidade e focar a usabilidade na internet, aqui estou para começar a divulgar temas comumente divulgados por ser assunto de extrema importância para o público que busca informações expressivas e de qualidade, seja para aperfeiçoar seus conhecimentos ou adquiri-los.
Sobre meus respectivos gostos culturais confesso que a leitura abrange grande parte do meu dia-a-dia, mas minha principal atração é descobri o quê esta sendo produzido e pensado, para ter o poder de divulgar de forma simples uma informação de dificil entendimento no mundo digital propenso de forma intensa no futuro.
Agradeço a todos que acreditam no meu trabalho, e a Deus que oferece as ferramentas necessárias para meu aprendizado.
Érika Lopes
www.ecls.com.br
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

 

 

publicidade
publicidade
Crochelandia
Visitantes desde fevereiro de 2006:
31018106

Blogs dos Colunistas

-
Ana
Kaye
Rio de Janeiro
-
Andrei
Bastos
Rio de Janeiro - RJ
-
Carolina
Faria
São Paulo - SP
-
Celso
Lungaretti
São Paulo - SP
-
Cristiane
Visentin

Nova Iorque - USA
-
Daniele
Rodrigues

Macaé - RJ
-
Denise
Dalmacchio
Vila Velha - ES
-
Doroty
Dimolitsas
Sena Madureira - AC
-
Eduardo
Ritter

Porto Alegre - RS
.
Elisio
Peixoto

São Caetano do Sul - SP
.
Francisco
Castro

Barueri - SP
.
Jaqueline
Serávia

Rio das Ostras - RJ
.
Jorge
Hori
São Paulo - SP
.
Jorge
Hessen
Brasília - DF
.
José
Milbs
Macaé - RJ
.
Lourdes
Limeira

João Pessoa - PB
.
Luiz Zatar
Tabajara

Niterói - RJ
.
Marcelo
Sguassabia

Campinas - SP
.
Marta
Peres

Minas Gerais
.
Miriam
Zelikowski

São Paulo - SP
.
Monica
Braga

Macaé - RJ
roney
Roney
Moraes

Cachoeiro - ES
roney
Sandra
Almeida

Cacoal - RO
roney
Soninha
Porto

Cruz Alta - RS