É correto relembrar criticamente o ditatorial AI-5; mas, não conceituar o segmento dos artistas como classe social

Considero de ótima qualidade, o texto intitulado: “Decretado há 50 anos, AI-5 mudou para sempre as linguagens artísticas do país” publicado na última 4ª feira, dia 12/12, no caderno cultural ‘Ilustrada’ do jornal impresso Folha de S. Paulo/portal UOL.

https://jornalorebate.com.br/19-01/passeata.jpg

Redigido pela jornalista Maria Luísa Barsanelli, o texto foi publicado para relembrar criticamente o ditatorial & draconiano Ato Institucional nº 5 (AI-5) que foi baixado pelos ‘gorilas’ da ditadura militar (1964-1985) há 50 anos atrás, ou no dia 13/12/1968.

Entretanto, não considero correto conceituar/classificar a categoria profissional ou o segmento dos artistas enquanto classe social. Haja vista, o livro de autoria do genial revolucionário marxista Trotsky (1879-1940) intitulado: “Literatura e Revolução”.     


*jornalista.

Leia: www1.folha.uol.com.br

publicidade
publicidade
Crochelandia
Visitantes desde fevereiro de 2006:
31605476

Blogs dos Colunistas

-
Ana
Kaye
Rio de Janeiro
-
Andrei
Bastos
Rio de Janeiro - RJ
-
Carolina
Faria
São Paulo - SP
-
Celso
Lungaretti
São Paulo - SP
-
Cristiane
Visentin

Nova Iorque - USA
-
Daniele
Rodrigues

Macaé - RJ
-
Denise
Dalmacchio
Vila Velha - ES
-
Doroty
Dimolitsas
Sena Madureira - AC
-
Eduardo
Ritter

Porto Alegre - RS
.
Elisio
Peixoto

São Caetano do Sul - SP
.
Francisco
Castro

Barueri - SP
.
Jaqueline
Serávia

Rio das Ostras - RJ
.
Jorge
Hori
São Paulo - SP
.
Jorge
Hessen
Brasília - DF
.
José
Milbs
Macaé - RJ
.
Lourdes
Limeira

João Pessoa - PB
.
Luiz Zatar
Tabajara

Niterói - RJ
.
Marcelo
Sguassabia

Campinas - SP
.
Marta
Peres

Minas Gerais
.
Miriam
Zelikowski

São Paulo - SP
.
Monica
Braga

Macaé - RJ
roney
Roney
Moraes

Cachoeiro - ES
roney
Sandra
Almeida

Cacoal - RO
roney
Soninha
Porto

Cruz Alta - RS