55 anos após a independência, Quênia é país da África fora dos 20 + visitados nas apelidadas viagens turísticas

Às vésperas de completar 55 anos de independência – conquistada dia 12/12/1963 - do então colonialista Reino Unido a atual imperialista Inglaterra, o Quênia é um país da África que não figura entre os 20 mais visitados durante as apelidadas viagens turísticas, mesmo que seja para meros safáris. Os quais são jornadas ou expedições que objetivam caçar/abater, fotografar ou observar animais selvagens.

https://jornalorebate.com.br/18-12/quenia.jpg

No entanto, embora desde 1905 a capital do Quênia seja Nairóbi, dentre os 47 municípios que constituem a República presidencialista do país, Mombasa é o destino turístico mais famoso em função de suas praias paradisíacas em meio as belezas naturais

Pra explicar o porquê o Quênia não figura dentre os 20 países mais visitados nas apelidadas viagens turísticas, tudo decorre do fato de que no mundo inteiro as viagens turísticas são consequência natural mas, hipócrita de apenas propagandear a Educação enquanto prioridade absoluta, mesmo que nas sociedades capitalistas, isto é divididas em classes sociais.

Por cuja exploração da minoritária classe social (burguesia) sobre a majoritária (proletariado) perpassam outras opressões e dominações próprias do sistema capitalista notadamente em sua fase mais avançada/desenvolvida que é o imperialismo.

Pra ter-se ideia dessa hipocrisia da propaganda enganosa de Educação ser prioridade absoluta, Turismo consequentemente viagens não é concebido enquanto área específica, estratégica e indissociável da Educação. Da mesma como igualmente não são Artes, Culturas, Ciência, Tecnologia e Esporte.

Por conta disso tudo, a Educação e suas citadas áreas específicas, estratégicas e indissociáveis acabam funcionando tão somente aos inexoráveis interesses em auferir lucro, ou seja através dos negócios privados por parte da burguesia no mundo inteiro. E em relação às apelidadas viagens turísticas, isto é, sem nenhuma finalidade educacional as mesmas são realizadas somente enquanto negócio, lazer ou mero safari como no caso do Quênia.      

*jornalista – é militante do Movimento Negro Socialista (MNS) e da seção brasileira da Corrente Marxista Internacionl (CMI) a corrente interna no PSOL, Esquerda Marxista (EM).               

publicidade
publicidade
Crochelandia
Visitantes desde fevereiro de 2006:
31605493

Blogs dos Colunistas

-
Ana
Kaye
Rio de Janeiro
-
Andrei
Bastos
Rio de Janeiro - RJ
-
Carolina
Faria
São Paulo - SP
-
Celso
Lungaretti
São Paulo - SP
-
Cristiane
Visentin

Nova Iorque - USA
-
Daniele
Rodrigues

Macaé - RJ
-
Denise
Dalmacchio
Vila Velha - ES
-
Doroty
Dimolitsas
Sena Madureira - AC
-
Eduardo
Ritter

Porto Alegre - RS
.
Elisio
Peixoto

São Caetano do Sul - SP
.
Francisco
Castro

Barueri - SP
.
Jaqueline
Serávia

Rio das Ostras - RJ
.
Jorge
Hori
São Paulo - SP
.
Jorge
Hessen
Brasília - DF
.
José
Milbs
Macaé - RJ
.
Lourdes
Limeira

João Pessoa - PB
.
Luiz Zatar
Tabajara

Niterói - RJ
.
Marcelo
Sguassabia

Campinas - SP
.
Marta
Peres

Minas Gerais
.
Miriam
Zelikowski

São Paulo - SP
.
Monica
Braga

Macaé - RJ
roney
Roney
Moraes

Cachoeiro - ES
roney
Sandra
Almeida

Cacoal - RO
roney
Soninha
Porto

Cruz Alta - RS