As botijas, os seguros e as igrejas

Desde garoto sempre fiquei impressionado com a facilidade que algumas pessoas ficarem ricos da noite pro dia. E quando falo da noite pro dia não estou brincando. Era comum, de vez em quando, aparecem o feliz cidadão que ficava rico de um dia pra noite e como isso acontecia? Muito simples, o sujeito recebia uma Botija. Ouvi várias vezes as pessoas comentarem: fulano recebeu uma butija!

https://jornalorebate.com.br/19-01/dinheiro.jpg

Os comentários não se limitava em demonstrar que o feliz cidadão foi beneficiado e tinha também o fato da narrativa de deixar bem claro como o mesmo foi notificado de tão sortudo ocorrido! 

Com o decorrer do tempo, crescimento das cidades interioranas e modernização com acesso aos meios de comunicação, essa maneira de se ficar rico ficou ultrapassada e sem falar que com tanta gente recebendo botijas a coisa passou a dar muito na vista. Haja tanto cidadão de bem ganhando botijas!Como as cidades estavam crescendo e se modernizando, as pessoas, que tinham bens valiosos, passaram a utilizar de um recurso moderno para garantir a posse dos bens, por ocasião de algum roubo ou acidente, que foi colocar tudo no seguro. Estranhamente, muitos cidadãos passaram a sofrer acidentes ou mesmo terem seus bens roubados (na grande maioria das vezes casas comerciais) e mais estranho mesmo é que uma parte desses cidadão melhoraram de vida depois de receberem os seguros. Durante algum tempo era comum as pessoas comentarem o fato de fulano ter a casa comercial roubada durante a noite e ficarem melhor de vida depois de receberem o tal seguro! Para tomar providência contra a grande quantidade de assaltos e roubos as seguradoras criaram o mecanismo da franquia e também passou a usar investigadores. Em decorrência, o número de assaltos e roubos as empresas diminuíram sensivelmente e ficou garantida a segurança dos compradores de tal serviço. Na realidade foi o fim do chamado Golpe do Seguro.

Depois surgiram as loterias, mas as Loterias Federais não são fáceis de ganhar e para aqueles que ficavam ricos de um dia pra noite, provavelmente ficaria esperando a vida toda e nunca ficaria rico.

Atualmente, algumas pessoas, para se tornarem bem de vida, criaram um método onde não se corre o perigo de se receber uma visita de alguma alma penada, os bens roubados e nem terem as empresas assaltadas. Hoje se tornou mais seguro tentar melhorar de vida fundando uma dessas igrejas pentecostais e claro, para que isso aconteça se faz necessário que consiga criar um rebanho expressivo dos futuros fiéis.

www.carlosgeografia.com.br

publicidade
publicidade
Crochelandia
Visitantes desde fevereiro de 2006:
32271944

Blogs dos Colunistas

-
Ana
Kaye
Rio de Janeiro
-
Andrei
Bastos
Rio de Janeiro - RJ
-
Carolina
Faria
São Paulo - SP
-
Celso
Lungaretti
São Paulo - SP
-
Cristiane
Visentin

Nova Iorque - USA
-
Daniele
Rodrigues

Macaé - RJ
-
Denise
Dalmacchio
Vila Velha - ES
-
Doroty
Dimolitsas
Sena Madureira - AC
-
Eduardo
Ritter

Porto Alegre - RS
.
Elisio
Peixoto

São Caetano do Sul - SP
.
Francisco
Castro

Barueri - SP
.
Jaqueline
Serávia

Rio das Ostras - RJ
.
Jorge
Hori
São Paulo - SP
.
Jorge
Hessen
Brasília - DF
.
José
Milbs
Macaé - RJ
.
Lourdes
Limeira

João Pessoa - PB
.
Luiz Zatar
Tabajara

Niterói - RJ
.
Marcelo
Sguassabia

Campinas - SP
.
Marta
Peres

Minas Gerais
.
Miriam
Zelikowski

São Paulo - SP
.
Monica
Braga

Macaé - RJ
roney
Roney
Moraes

Cachoeiro - ES
roney
Sandra
Almeida

Cacoal - RO
roney
Soninha
Porto

Cruz Alta - RS