Três reflexões para viver dias espetaculares!

A- A A+
publicidade

1.Trabalho & Recompensa
O que você produzir para a sociedade, da sociedade receberá a recompensa - você é o responsável pelas suas ações, ou inações. Pepitas de ouro que pode garimpar nas águas auríferas, no rio caudaloso da sua vida, somente faiscarão no agitar da bateia do trabalho. Em contraponto, é oásis desértico o rio de quem não se dispõe ao garimpo do trabalho.
Mas, atenção. A riqueza que você pode construir trabalhando é-lhe importante, mas muito mais importante é o ser que você constrói em si mesmo com o trabalho. Sim, porque o trabalho, seja qual for a atividade laboral, vai refiná-lo, motivá-lo e dar-lhe polimento com o verniz dourado do apreço social.
Você, um qualificado ser humano: essa riqueza é a maior recompensa que lhe traz o trabalho!

2.Nasceu um novo dia: você, desperto em atividade produtiva
Muitas pessoas têm ações reativas após frustração num negócio e se expressam “hoje eu não devia ter saído da cama...”. Quanta ingratidão! Não seja, você, uma delas a reagir assim. Reflita que “não sair da cama” pode significar doença, indisposição, temor, desestímulo e até mesmo preguiça... E, a bem da verdade, você se enquadra num desses itens?
É inquestionável que, lá fora, há o brilhar de um novo dia a abraçá-lo, prontinho pra você. E por que não estar desperto para o labor? Por que não “sair da cama” com pique total, alegre, determinado? Por que não sair às ruas inspirando o oxigênio abençoado dos bons ares dos negócios?
Vai lá! Saia das cobertas e erga-se com a mente prospectando os melhores negócios. E siga, focado, determinado para realizá-los!

3.Honestidade, estilo de vida vitorioso
Nas batalhas diárias às vezes esbravejamos que “temos de matar um leão por dia para viver”, sinalizando enfrentamentos árduos e vitórias incertas. Mas, lutar é preciso, e você não pode abdicar e arriscar-se não saborear vitórias.
Todavia, não pense (nem aja) com vieses do que é desonesto, fora do escopo legal. Não assine termos desse naipe, não dê créditos ou aval, não compactue, não dê apoio moral, fuja do “rápido e fácil” que tenha em seu bojo vestígios do que não é honesto. Ou você já viu laurel para quem chega à frente usando atalhos, mudando divisas, usando versículos da ilegalidade?
Use a constituição da honestidade. Sempre. Você vai “matar um leão por dia” e já deixar outro no abatedouro para o dia seguinte e, gloriosamente colecionará vitórias justas e memoráveis!

Prof. Inácio Dantas
Do livro “Sementes de Vida”
Adquira em: https://clubedeautores.com.br

publicidade
publicidade
publicidade
Crochelandia
publicidade
Visitantes desde fevereiro de 2006:
30492174

Blogs dos Colunistas

-
Ana
Kaye
Rio de Janeiro
-
Andrei
Bastos
Rio de Janeiro - RJ
-
Carolina
Faria
São Paulo - SP
-
Celso
Lungaretti
São Paulo - SP
-
Cristiane
Visentin

Nova Iorque - USA
-
Daniele
Rodrigues

Macaé - RJ
-
Denise
Dalmacchio
Vila Velha - ES
-
Doroty
Dimolitsas
Sena Madureira - AC
-
Eduardo
Ritter

Porto Alegre - RS
.
Elisio
Peixoto

São Caetano do Sul - SP
.
Francisco
Castro

Barueri - SP
.
Jaqueline
Serávia

Rio das Ostras - RJ
.
Jorge
Hori
São Paulo - SP
.
Jorge
Hessen
Brasília - DF
.
José
Milbs
Macaé - RJ
.
Lourdes
Limeira

João Pessoa - PB
.
Luiz Zatar
Tabajara

Niterói - RJ
.
Marcelo
Sguassabia

Campinas - SP
.
Marta
Peres

Minas Gerais
.
Miriam
Zelikowski

São Paulo - SP
.
Monica
Braga

Macaé - RJ
roney
Roney
Moraes

Cachoeiro - ES
roney
Sandra
Almeida

Cacoal - RO
roney
Soninha
Porto

Cruz Alta - RS