VI Congresso Paulista de Neurologia

Médicos renomados debatem o derrame cerebral, mal que gera mais de 90 mil óbitos todos os anos no Brasil

 

Serão apresentadas novas abordagens científicas para o problema e ministrada aula explicativa ao público leigo

Doença de grande freqüência no Brasil e no mundo, o acidente vascular cerebral (AVC), popularmente conhecido como derrame, será tema de mesas-redondas no VI Congresso Paulista de Neurologia, realizado pela Associação Paulista de Medicina (APM), de 21 a 23 de junho de 2007, no Guarujá. A fim de promover a prevenção e atendimento primário adequado nestes casos, os especialistas também ministrarão palestras ao público leigo.

“Os participantes serão orientados tanto no âmbito de precaução quanto no sentido de prestar atendimento adequado diante de um derrame. Existe mais de um tipo de AVC, fato que acentua a importância de as pessoas próximas ao acometido reconhecerem os sintomas para prestar a assistência que ele necessita”, explica dr. Rubens José Gagliardi, presidente da Associação Paulista de Neurologia.

Anualmente, são registrados mais de 220 mil casos no Brasil. Destes, cerca de 90 mil são fatais e, quando há sobrevivência, o risco de que se fiquem seqüelas incapacitantes chega a 30%. “Por essa razão, os acompanhantes desse paciente devem estar cientes quanto à melhor forma de ajudá-lo”, destaca dr. Rubens.

São vários os fatores de risco, como a hipertensão arterial, a doença cardíaca, diabetes, colesterol elevado e tabagismo. O consumo excessivo de pílulas anticoncepcionais e álcool também pode ser facilitador do mal. Conhecido tudo isso, ainda é necessário prestar atenção aos sintomas que, em geral, são fraqueza, dificuldades visuais, distúrbio na fala ou compreensão, dormência, dor de cabeça e/ou tontura de grande intensidade e até convulsões.

“Orientar a população quanto à prevenção e reação diante da doença faz parte da missão do médico. Portanto, em um evento tão abrangente, não poderíamos deixar de cumprir com este compromisso”, conclui dr. Rubens.

Confira a programação para o público leigo
23/06/2007

Sala Duque de Caxias: CEFALÉIA E DOR
13h30 – Quais são as dores de cabeça que mais levam os pacientes a procurar o médico e como trata-las? - José Specialli
13h45 – Tratamento não medicamentoso das cefaléias - Célia Roesler
14h – A dor através da história da humanidade - Paulo Monzillo
14h15 – Discussão

Sala Imperatriz Thereza Cristina: DOENÇA DE ALZHEIMER E DOENÇA DE PARKINSON
13h30 – Alterações da memória, da atenção e da concentração: quando é doença e quando não é - Paulo Bertolucci
13h45 – Como tratar eficientemente a Doença de Parkinson - Vanderci Borges
14h – A difícil tarefa dos familiares e cuidadores dos doentes com Alzheimer e com Parkinson - Roberta Rodrigues
14h15 – Discussão

Sala Princesa Isabel: DOENÇA CEREBROVASCULAR (DERRAME)
13h30 – Impacto do AVC, no doente, na família e na sociedade - Alexandre Pieri
13h45 – Como reconhecer um AVC
14h – Como agir frente a suspeita de um AVC
14h15 – AVC é uma emergência médica: “tempo é cérebro”
14h30 – Como prevenir
14h45 – Discussão

Sala Inconfidência: NEUROLOGIA INFANTIL
13h30 – Paralisia cerebral: como tratar? - Sandro Espósito
13h45 – As dores na criança - Regina Albuquerque
14h – Hiperatividade e Déficit de Atenção: o que são e o que não são - Erasmo Casella
14h15 – Discussão

Sala Tiradentes: ESCLEROSE MÚLTIPLA E ESCLEROSE LATERAL AMIOTRÓFICA
13h30 – Quais são os tratamentos autorizados para a Esclerose Múltipla?
13h45 – O tratamento não medicamentoso destas doenças neurológicas
14h – Células tronco: o que mostram as pesquisas científicas? - Fernando Rocha
14h15 – Discussão

Sala Tupi: NARCOLEPSIA E DISTÚRBIOS DO SONO
13h30 – Peso social e pessoal da Narcolepsia - Heloísa Dal Rovere
13h45 – Aspectos emocionais da narcolepsia - Carmen Alcântara
14h – Atividade física como precurssora de uma vida saudável em indivíduos com narcolepsia – Ana Coelho

Insônia
14h15 – As insônias crônicas - Geisa Angelis
14h30 –Sugestões para a higiene do sono - Adriana Lima
14h45 – As causas da insônia - Rubens Reimão
14h45 – Discussão Geral

Sala Tapuia: EPILEPSIA
13h30 – O efeito da epilepsia na vida do paciente e de seus familiares e amigos - Elza Yacubian
13h45 – Por que escolher medicamentos diferentes para pacientes com crises semelhantes? Carmen Miziara
14h – Quais as restrições na escola, no trabalho, no esporte e no lazer de um paciente epilético? - Fernando Cendes
14h15 – Discussão

VI Congresso Paulista de Neurologia
Data: 21 a 23 de junho de 2007
Local: Casa Grande Hotel Resort & Spa
Endereço: Av. Miguel Stefano, 1001
Enseada – Guarujá SP
Informações e inscrições: (11) 3188-4252/4334/4359

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. / www.apm.org.br/neurologia

publicidade
publicidade
Crochelandia
Visitantes desde fevereiro de 2006:
33771597

Blogs dos Colunistas

-
Ana
Kaye
Rio de Janeiro
-
Andrei
Bastos
Rio de Janeiro - RJ
-
Carolina
Faria
São Paulo - SP
-
Celso
Lungaretti
São Paulo - SP
-
Cristiane
Visentin

Nova Iorque - USA
-
Daniele
Rodrigues

Macaé - RJ
-
Denise
Dalmacchio
Vila Velha - ES
-
Doroty
Dimolitsas
Sena Madureira - AC
-
Eduardo
Ritter

Porto Alegre - RS
.
Elisio
Peixoto

São Caetano do Sul - SP
.
Francisco
Castro

Barueri - SP
.
Jaqueline
Serávia

Rio das Ostras - RJ
.
Jorge
Hori
São Paulo - SP
.
Jorge
Hessen
Brasília - DF
.
José
Milbs
Macaé - RJ
.
Lourdes
Limeira

João Pessoa - PB
.
Luiz Zatar
Tabajara

Niterói - RJ
.
Marcelo
Sguassabia

Campinas - SP
.
Marta
Peres

Minas Gerais
.
Miriam
Zelikowski

São Paulo - SP
.
Monica
Braga

Macaé - RJ
roney
Roney
Moraes

Cachoeiro - ES
roney
Sandra
Almeida

Cacoal - RO
roney
Soninha
Porto

Cruz Alta - RS