Vítima do capitalismo que defende, site Carnavalesco sairá do ar.

A- A A+
publicidade

carnavalesco

Mídia especializada do mercantilizado mundo samba em funcionamento desde 2007, o site Carnavalesco que grafa a si próprio todo em letras maiúsculas, publicou editorial dia 5/3/2018, informando que sairá do ar dia 15/03/2018. De acordo com o texto do seu editor-executivo o jornalista-empresário apelidado de empreendedor Alberto João Safadi, que é torcedor da escola de samba Mocidade Independente, o site parará devido a uma série de fatores, sendo o principal financeiro. Anos após anos - prosseguiu - o site enfrentou a barreira dos veículos especializados somente sobreviverem mediante apoio das ligas das escolas de samba.

Ainda segundo o editorial, esse apoio não pode ser uma cobertura chapa branca, mas sim uma iniciativa mantenedora do dia a dia da cobertura carnavalesca, para o bem de todos os sambistas. E que através disso é que as empresas anunciarão nos veículos especializados em carnaval. Porém, o mercado comercial não acredita no formato carnavalesco de jornalismo. Então, o site Carnavalesco informa que não quer dar um prazo para o retorno ao ar, e que sua última atividade foi o evento anual de premiação concedido no mundo do samba carioca, o troféu Estrela do Carnaval, que ocorreu no dia 11 de março, na quadra do Salgueiro.

Para esclarecer, de forma globalizada mundo afora a mídia significa o conjunto geral dos meios de comunicação social. Isto é, de empresas privadas cuja razão de ser é auferir lucro. Não, necessariamente informar/noticiar os fatos do dia-a-dia sob um ponto de vista crítico, em meio a luta de classes que é o que move o mundo. Por isso, o editorial do site Carnavalesco anunciando que sairá do ar, é lamurioso/queixoso em sua incompetência para disputar mercado, mesmo que seja o específico também chamado de especializado conforme é o indevidamente mercantilizado, isto é o capitalista mundo do Carnaval & do samba.

Haja vista, embora tenha se inspirado no concorrente site SRzd-Carnaval, o editorial informando que o site Carnavalesco sairá do ar no próximo dia 15/03/2018, faz crítica velada ao concorrente quando afirma que o Carnaval das escolas de samba está engessado, precisando de (capitalista) gestão: “Os apaixonados já aceitam ficar fora da Avenida e trocar o Rio por São Paulo”. Ocorre, o fato é que o próprio site Carnavalesco tentou e não conseguiu se firmar no agora totalmente privatizados desfiles das escolas de samba do Carnaval Paulistano. Já no Carnaval Carioca, juntamente com a LIESA, a RioTur ainda é a gestora dos desfiles das escolas de samba assim como do sambódromo Prof. Darcy Ribeiro.

Ao contrário, o site Carnavalesco informa que sairá do ar dia 15/03/2018, porém sempre funcionou como “vanguarda do atraso”. Isto é, desde 2014 foi linha de frente para o impeachment sem comprovação do crime de responsabilidade da presidenta da República apesar do governo por ela comandado ser de colaboração de classes com a burguesia, assim como engajou-se no 2º turno da vitoriosa campanha eleitoral 2016 do burguesão alcaide carioca que é aversivo a Carnaval e desfiles das escolas de samba; além de nunca ter combatido o nefasto domínio na LIESA e diversas agremiações dos apelidados empresários zootécnicos.

Ou seja, por fim, o site Carnavalesco nunca defendeu que o Carnaval de rua e os desfiles das escolas de samba tivessem que ser concebidos, geridos e executados como áreas específicas, estratégicas e indissociáveis da Educação. Isto é, que funcionassem através de uma Subsecretária junto com a RioTur. Em outras palavras, assim concebidos o carnaval de rua, sobretudo, os desfiles das escolas de samba funcionariam conforme tem que ser sempre a Educação, com excelência na qualidade, sendo pública/gratuita e universalista (acesso a todos e todas) e tendo ingressos a preços populares, objetivando a comunidade pobre & oprimida.

publicidade
publicidade
publicidade
Crochelandia
publicidade
publicidade
Visitantes desde fevereiro de 2006:
29934700

Blogs dos Colunistas

-
Ana
Kaye
Rio de Janeiro
-
Andrei
Bastos
Rio de Janeiro - RJ
-
Carolina
Faria
São Paulo - SP
-
Celso
Lungaretti
São Paulo - SP
-
Cristiane
Visentin

Nova Iorque - USA
-
Daniele
Rodrigues

Macaé - RJ
-
Denise
Dalmacchio
Vila Velha - ES
-
Doroty
Dimolitsas
Sena Madureira - AC
-
Eduardo
Ritter

Porto Alegre - RS
.
Elisio
Peixoto

São Caetano do Sul - SP
.
Francisco
Castro

Barueri - SP
.
Jaqueline
Serávia

Rio das Ostras - RJ
.
Jorge
Hori
São Paulo - SP
.
Jorge
Hessen
Brasília - DF
.
José
Milbs
Macaé - RJ
.
Lourdes
Limeira

João Pessoa - PB
.
Luiz Zatar
Tabajara

Niterói - RJ
.
Marcelo
Sguassabia

Campinas - SP
.
Marta
Peres

Minas Gerais
.
Miriam
Zelikowski

São Paulo - SP
.
Monica
Braga

Macaé - RJ
roney
Roney
Moraes

Cachoeiro - ES
roney
Sandra
Almeida

Cacoal - RO
roney
Soninha
Porto

Cruz Alta - RS