Saída do diretor e imerecido título 2018 seriam sinais de um novo declínio da Beija Flor?

A- A A+
publicidade

carnaval beija flor

Podem ser sinais de um novo declínio da escola de samba BF-Beija Flor, a saída do diretor geral de Harmonia & Carnaval mestre Laíla, logo após a imerecida conquista do título de campeã 2018. Excetuando o “suspeito” quadro de julgadores da LIESA, nenhuma mídia do mundo do samba considerou como melhor do ano de 2018, o desfile oficial que deu o 14º título de campeã do Carnaval Carioca à agremiação nilopolitana. Que, apesar de ser a maior vencedora da era sambódromo na 1ª divisão-Grupo Especial e, por isso utilizar a autodenominação-marketing de a Deusa da Passarela, entre os anos de 1961 e 1973, a BF teve passagens pela 2ª e 3ª divisões as atuais Séries A e B, então grupos 2 e 3.

Nessa época, em 1965, erigiu como pres. da BF, que é afilhada da Portela, o torcedor da Mangueira o apelidado empresário zootécnico Aniz Abrahão David o ‘Anísio’. O qual quando do retorno da BF ao Grupo Especial em 1973, tomou de assalto a presidência de “honra”. A partir daí se tornaram presidentes os burgueses de origem judaico-libanesa da oligarquia dos David: O irmão Nelson Abrahão (de 1972 a 1983 e 1991) e o sobrinho Nelson Alexandre Sennas o ‘Nelsinho’ (2012 e 2013). Já o irmão que é dep. estadual licenciado e o atual alcaide de Nilópolis pela 3ª vez, Farid Abrahão presidiu a BF de 1984 a 1992, de 1994 a 2011 e de 2013 a 2016 quando deixou em seu lugar o filho Ricardo Abrahão David.

A exploração, opressão e dominação praticadas a décadas pelos integrantes da contravenção penal do jogo de bicho e de outras atividades criminosas conforme as máfias do bingo e das máquinas caça-níqueis, sobre as comunidades de Nilópolis e da BF ocorrem pelo seguinte. Porque os 14 títulos da Deusa da Passarela são usados como “marketing” pela burguesa oligarquia dos David. Tal hipocrisia é uma mazela da sociedade dividida em classes sociais que se reproduz no mundo do samba. Por isso, condenado judicialmente a 48 anos de prisão o empresário zootécnico ‘Anísio’ se encontra em liberdade porque recorreu em última instância ao Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Dos 14 títulos da BF, nove ocorreram sob a liderança de mestre Laíla enquanto diretor geral de Harmonia & Carnaval. Sua despedida da Deusa da Passarela, apesar de tida como “amigável” com o ‘Anísio’ se deu porque este, apesar de ter sido o responsável pelo 7º lugar que deixou a BF fora do desfile das campeãs em 2014 através do patético enredo: “O astro iluminado da comunicação brasileira” que homenageou o ex-chefe todo poderoso da Globo o ‘Boni’. Objetivando o imerecido título de campeã 2018, o ‘Anísio’ humilhou mestre Laíla impondo-lhe goela abaixo como chefes o jovem burguezinho do seu filho Gabriel David e o coreógrafo da comissão de frente Marcelo Misailidis.

Este foi o idealizador, executor e líder do hipócrita enredo 2018: “Monstro é aquele que não sabe amar! Os filhos abandonados da pátria que os pariu” e, junto com o citado jovem burguesinho foram os pivôs da saída do mestre Laíla da Deusa da Passarela. Agora que Neguinho da Beija Flor tornou público que reivindicou que mestre Laíla não deixasse a agremiação, ele e o carnavalesco Cid Carvalho, em um futuro próximo, podem ser quem se despedirão da Deusa da Passarela. Tudo, por causa da Vitória de Pirro representada pelo imerecido título de campeã 2018 da BF. O que, em outras palavras, também foi dito pelos jornalistas Sidney Rezende (site SRzd-Carnaval) mais Aydano André Motta e Eugênio Leal (site Carnavalesco).

publicidade
publicidade
publicidade
Crochelandia
publicidade
publicidade
Visitantes desde fevereiro de 2006:
30228136

Blogs dos Colunistas

-
Ana
Kaye
Rio de Janeiro
-
Andrei
Bastos
Rio de Janeiro - RJ
-
Carolina
Faria
São Paulo - SP
-
Celso
Lungaretti
São Paulo - SP
-
Cristiane
Visentin

Nova Iorque - USA
-
Daniele
Rodrigues

Macaé - RJ
-
Denise
Dalmacchio
Vila Velha - ES
-
Doroty
Dimolitsas
Sena Madureira - AC
-
Eduardo
Ritter

Porto Alegre - RS
.
Elisio
Peixoto

São Caetano do Sul - SP
.
Francisco
Castro

Barueri - SP
.
Jaqueline
Serávia

Rio das Ostras - RJ
.
Jorge
Hori
São Paulo - SP
.
Jorge
Hessen
Brasília - DF
.
José
Milbs
Macaé - RJ
.
Lourdes
Limeira

João Pessoa - PB
.
Luiz Zatar
Tabajara

Niterói - RJ
.
Marcelo
Sguassabia

Campinas - SP
.
Marta
Peres

Minas Gerais
.
Miriam
Zelikowski

São Paulo - SP
.
Monica
Braga

Macaé - RJ
roney
Roney
Moraes

Cachoeiro - ES
roney
Sandra
Almeida

Cacoal - RO
roney
Soninha
Porto

Cruz Alta - RS