Pesquisa indica que 78,8% das pacientes de câncer se preocupam com a fertilidade

A- A A+
publicidade

Uma das principais causas de morte em todo o mundo, responsável pelo óbito de mais de sete milhões de pessoas por ano e, de acordo com o Fundo Mundial para Pesquisa do Câncer, este número pode passar de dez milhões em pouco menos de dez anos.
Um dos maiores efeitos negativos dos tratamentos para o câncer é a infertilidade. De acordo com Dr. Edson Borges Jr., especialista em Reprodução Humana e diretor do Fertility Medical Group, ainda que a sobrevivência seja o principal foco do cuidado com o paciente de câncer, a qualidade de vida após o tratamento é cada vez mais discutida e deve ser levada em consideração, o que inclui a possibilidade de se tornarem pais.
Pesquisas indicam que 78,8% dos pacientes de câncer se preocupam com a fertilidade. "Recentemente diversas estratégias para preservação da fertilidade nestes pacientes foram desenvolvidas, sendo que o método mais seguro e eficaz é o congelamento de óvulos ou embriões, anteriormente à terapia gonado tóxica", sinaliza Dr. Assumpto Iaconelli Jr, especialista em reprodução humana e diretor clínico do Fertility Medical Group.
Nada menos que 89,5% dos pacientes se sentem seguros com a técnica do congelamento. Porém, o congelamento requer a coleta de óvulos posterior ao estímulo ovariano controlado, um procedimento que pode levar três semanas. Além disso, para o estímulo ovariano, altas doses de hormônios podem estimular o crescimento de tumores sensíveis, como cânceres de mama e do endométrio.
Portanto, a estimulação ovariana convencional acaba sendo uma alternativa apropriada apenas para mulheres que não apresentam tumores sensíveis a hormônios e quando o tratamento de câncer não é imediatamente iniciado após o diagnóstico. Para estes casos, outras estratégias incluem regimes de estímulo ovariano modificados, muito mais rápidos, durando apenas 10 a 12 dias. Mesmo assim, o congelamento de embriões acaba sendo um método disponível apenas para pacientes que tenham par ceiro do sexo masculino ou a intenção de utilizar sêmen de doador.

Segundo o Dr. Borges Jr., avanços nessa área têm permitido o desenvolvimento de diversas técnicas de preservação da fertilidade, trazendo a possibilidade de maternidade para essas pacientes. O importante é que, independentemente da gravidade da situação, as pacientes de câncer devem ser alertadas a respeito da possível perda da fertilidade e, principalmente, das opções para essa seja mantida.

___________________
FONTE: Dr. Edson Borges Jr., com doutorado em urologista ( UNIFESP) e em ginecologia (UNESP)
, especialista em medicina reprodutiva. É professor, presidente e coordenador do curso de Pós-Graduação em Reprodução Humana, da Associação Instituto Sapientiae, entidade assistencial sem fins lucrativos, destinada à orientar e oferecer tratamento médico e psicológico às pessoas inférteis de baixa renda: http://www.sapientiae.org.br/
 
Dr. Edson é fundador e diretor científico do Fertility Medical Group ( www.fertility.com.br ), assina diversos artigos em revista conceituadas internacionais, como The Journal of Urology – revista de maior prestígio na comunidade de urologia americana, a revista F ertility Sterility, a revista Human Reproduction e o Journal Assisted Reproduction and Genetics.  É  notoriedade internacional dentro da comunidade científica. Membro da diretoria da Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida (SBRA) e ex-presidente. Esse ano, presidente do Congresso Brasileiro de Reprodução Humana- http://cbra2017.com.br/

publicidade
publicidade
publicidade
Crochelandia
publicidade
publicidade
Visitantes desde fevereiro de 2006:
30008360

Blogs dos Colunistas

-
Ana
Kaye
Rio de Janeiro
-
Andrei
Bastos
Rio de Janeiro - RJ
-
Carolina
Faria
São Paulo - SP
-
Celso
Lungaretti
São Paulo - SP
-
Cristiane
Visentin

Nova Iorque - USA
-
Daniele
Rodrigues

Macaé - RJ
-
Denise
Dalmacchio
Vila Velha - ES
-
Doroty
Dimolitsas
Sena Madureira - AC
-
Eduardo
Ritter

Porto Alegre - RS
.
Elisio
Peixoto

São Caetano do Sul - SP
.
Francisco
Castro

Barueri - SP
.
Jaqueline
Serávia

Rio das Ostras - RJ
.
Jorge
Hori
São Paulo - SP
.
Jorge
Hessen
Brasília - DF
.
José
Milbs
Macaé - RJ
.
Lourdes
Limeira

João Pessoa - PB
.
Luiz Zatar
Tabajara

Niterói - RJ
.
Marcelo
Sguassabia

Campinas - SP
.
Marta
Peres

Minas Gerais
.
Miriam
Zelikowski

São Paulo - SP
.
Monica
Braga

Macaé - RJ
roney
Roney
Moraes

Cachoeiro - ES
roney
Sandra
Almeida

Cacoal - RO
roney
Soninha
Porto

Cruz Alta - RS